Espaço saúde

Leve uma vida mais saudável

Eletroneuromiografia, para que serve e como é feito.

Compartilhe:
 
Autor: Dr Gustavo Ferrão, Médico Fisiatra e Neurofisiologista Postado dia: 27 junho - 2019

Imagine que você está em casa, no seu quarto, e a lâmpada do quarto se apaga sozinha. Nesse momento, você não sabe se trata-se de um problema da própria lâmpada, do fiação do quarto, se acometeu a casa inteira, a rua inteira ou até mesmo toda a cidade, a mesma coisa pode acontecer com o nosso corpo e é ai que entra a Eletroneuromiografia
Algumas doenças podem alterar a atividade elétrica dos nervos periféricos, e para detectar isso existe a eletroneuromiografia, que é um exame que detecta a atividade elétrica desses nervos.
Como funciona?
O exame tem a intenção de captar o potencial elétrico por meio de eletrodos e para isso existem duas formas:
Podemos estimular o nervo para que ele “se ative”, e assim captamos a ativação dos potenciais sensitivos e motores; ou coloca-se uma agulha muito fina em alguns músculos do corpo, para verificar de que maneira a condução elétrica está sendo realizada dentro das fibras musculares.
O exame pode ser um pouco desconfortável porém o desconforto é tolerável, é realizado por um médico neurologista.

Comente este artigo

Artigos Relacionados

Esclerose Múltipla, O que você precisa saber sobre ela

8 exames do coração: conheça os tipos e como funcionam.

“O coração dói, doutora?”

Semana do sono – Dormir bem, faz bem para a saúde

Convênios

Conheça nossos convênios